vendredi 11 septembre 2020

A ponte é uma passagem... para a outra margem

 







Uma ponte é mais do que uma estrutura física arquitectónica, é a solução que o ser humano concebeu para unir o que as águas ou o abismo separaram.

Passar para a outra margem faz-se habitualmente atravessando uma ponte. Digamos que é a forma mais corrente e prática de o fazer. E fazêmo-lo porque do outro lado estamos certos de encontrar o que nos falta, e de atingir uma meta, de vencer um desafio, de transpôr uma barreira, ou de simplesmente alcançar aquilo ou aqueles que desejamos.

Uma ponte é um traço de união entre dois pontos, que se desejam e pela travessia se completam!

 

 

 


mardi 8 septembre 2020

Pés na Terra, a sentir o verde da água e a olhar as núvens!








Um pequeno passeio por entre um belo arvoredo, num caminho serpenteado pelas margens de um riacho, que nos mergulha na sombra e nos sossega os sentidos. 
O burburinho das águas, constante e suave, refresca-nos a alma e desperta-nos para novas emoções.
O Presente é âncora e horizonte, é caminho e asbimo, é Vida e sonho por viver... perto e longe como o cume dessas montanhas por alcançar!

lundi 13 juillet 2020

Tanto mar...






Um horizonte a perder de vista, em mil e uma nuances de azul pontilhadas de branco. Esta é a paisagem que no verão mais me agrada e onde me encontro realmente bem. 
Sinto-me em casa, tudo à volta me é familiar... os Oceanos são vastos, o Mar é imenso, mas onde quer que abrace a Terra o seu toque, a sua voz e os seus aromas são inegualavelmente os mesmos. Inesquecíveis, intensos e onde procuro mergullhar a cada reencontro, certa de neles encontrar o calor, a energia e a paz de que tanto preciso!

mercredi 8 juillet 2020

...palavra de Laura!





Gosto de rever as fotografias que já fiz e com elas me lembrar de certos momentos que guardei preciosamente num cantinho das minhas memórias. A vida corre tão rápido que por vezes tenho a sensação que ela me escapa e que a única forma de a poder contemplar, sem pressas nem angústias é captá-la através da lente da minha máquina! 
Depois de alguns momentos profissionais duros e sofridos, só tenho vontade de esvaziar a cabeça, apagar todos os ais e mergulhar no verde do parque mais próximo! O cheiro a Terra e a frutos, o esvoaçar das folhas e o cantar das aves, libertam-me de todas as dores, minhas e alheias! 
Não há melhor terapia para aqueles que acompanham, passo a passo, um final de Vida… palavra de Laura!

samedi 4 juillet 2020

Uma bela espiga!




Um final de semana que se aproxima, e uma vontade de reencontro com a serenidade e o sossego que a natureza a todo o momento nos oferece, sem rodeios nem condições! Basta nos darmos o tempo de parar e olhar em redor! 
Foi o que fiz esta Sexta, um pouco antes da 7h30m da manhã e da primeira pessoa a visitar. Do outro lado da estrada um campo semeado, a perder de vista, de côr suave, ondulante e apelativo que me deixou, a mim e a minha máquina fotográfica, de olhar suspenso! Não resisti e fui disparando, feliz do meu encontro com esta bela espiga! 

jeudi 2 juillet 2020

Uns segundos na vida duma abelha...




Hoje, ao tempo de trabalho somei tempo de prazer, com algumas fotos tiradas durante os percursos incontornáveis da manhã.
Fiz uma pausa, respirei fundo, olhei à minha volta e reparei que a luz difusa do sol, peneirada pelas nuvens brancas e densas, realçava ainda mais a beleza deste dia de Verão!
Esplanadas cheias, ou quase, de colmeias humanas agitadas pela euforia duma liberdade quase plena e recém conquistada. Os pequenos prazeres mundanos, um café com um amigo, a leitura matinal do jornal, retomam o seu lugar precioso nos hábitos do quotidiano.
Tudo parece voltar ao tão desejado normal, não fora a notícia triste e também ela contagiante do aumento do número de infectados um pouco por toda a Europa!
E foi com este tipo de pensamento que despertei para a beleza desta flor e a azáfama da abelhinha que nela tanto e tão bem se atarefava! 
Doce imagem, que me levou a pensar que o melhor mesmo é fazer como Ela, continuar trabalhando  e deixar que o tempo faça, ele também, o seu trabalho.
Admirativa e espectadora de alguns segundos na vida duma abelha, não resisti e acabei por a levar prisioneira para a minha colecção de fotos!

lundi 22 juin 2020

Dança de um Verão anunciado...


Que voo mais louco minha irmã! Estou pasma, e apesar do bico bem aberto, sem voz… esse teu voar tão sublime e ousado tem graça. Para quem danças assim?! Ora, não se vê logo?! A festejar a chegada do Verão!